Postagens

DESTAQUE

RESCISÃO INDIRETA - ATRASO OU IRREGULARIDADE NO RECOLHIMENTO DO FGTS

A rescisão indireta se configura pela falta grave praticada pelo empregador, sendo que atraso ou o recolhimento irregular do FGTS, é considerado falta grave pelo judiciário, ou seja, a irregularidade no recolhimento do FGTS é motivo justo para o pedido de rescisão indireta.

Reconhecida a rescisão indireta, o empregador tem que pagar ao ex-funcionário todas as verbas
rescisórias, como se o tivesse demitido imotivadamente, inclusive aviso prévio indenizado e multa
de 40% sobre o FGTS. Isso porque a rescisão teve origem em uma quebra de contrato por parte
do empregador.

Nesse pedido de rescisão indireta, o empregado optará por permanecer ou não no emprego durante o processo, ou seja, após dar entrada na Reclamatória Trabalhista,
Cabe ao trabalhador decidir se continua ou não, trabalhando até o julgamento do processo.

Entre em contato, agende uma consulta e saiba mais:

Fernando R. Fernandes
OAB/GO 35215

Tel: (62) 3877-1003 / 98565-3289

CIRURGIA PLÁSTICA - ERRO MÉDICO - INDENIZAÇÃO

Imagem
Quando se fala em erro médico, o Conselho Federal de Medicina trabalha com o seguinte conceito: “Erro médico é o dano provocado no paciente pela ação ou omissão do médico, no exercício da profissão, e sem a intenção de cometê-lo. Há três possibilidades de suscitar o dano e alcançar o erro: imprudência, imperícia e negligência. É a conduta profissional inadequada que supõe uma inobservância técnica capaz de produzir um dano à vida ou à saúde de outrem.” Vale lembrar, que o erro médico também pode ser advindo de três espécies de conduta: 1) ERRO DE DIAGNÓSTICO: Acontece quando o médico direcionar o procedimento ou tratamento errado que, embora executado com correção, não produzirá o efeito desejado, pois o diagnóstico da doença foi equivocado;  2) ERRO DE PROCEDIMENTO: Ocorre quando se acerta o diagnóstico, mas se erra no tratamento sugerido, ou seja, quando ocorre uma falha na prescrição do tratamento; e 3) ERRO NO PROCEDIMENTO: Ocorre quando há falha ou má execução do profissional dura…

PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE O DIVÓRCIO

Imagem
Mesmo o divórcio não sendo um procedimento simples do ponto de vista emocional, as partes têm que agir com sabedoria nesse momento, pois dependendo do caminho escolhido, o término da união pode ser mais fácil, ou se tornar bem mais complicado. Nessa hora difícil, surgem muitas dúvidas para as partes, especialmente em razão de alguns mitos criados pela população em geral, razão pela qual, nesse artigo, tentaremos esclarecer as maiores dúvidas que cercam o tema, especialmente no que diz respeito a diferença entre o divórcio consensual e litigioso, divisão dos bens, guarda dos filhos e pensão alimentícia, bem como os custos e o tempo gasto até a homologação do divórcio.
Queremos nos divorciar, o que devemos fazer? Primeiramente, é fundamental a comunicação entre as partes e, se a decisão for realmente no sentido de romper com a relação, ambos devem procurar um advogado de confiança para, da forma mais tranquila possível, prosseguir com os trâmites legais.
Quero me divorciar, mas a outra part…

VERBAS RESCISÓRIAS DEVIDAS NO FINAL DO CONTRATO DE TRABALHO

Imagem
 Recebemos inúmeros contatos de trabalhadores e até mesmo de empregadores com dúvidas sobre quais as verbas rescisórias devidas por ocasião da rescisão contratual, razão pela qual resolvemos criar esse guia para esclarecer de forma objetiva, quais são as verbas devidas nas mais variadas formas de rescisão contratual, bem como o prazo para pagamento das mesmas, prazo para entrega dos documentos rescisórios e baixa na carteira de trabalho.
Demissão sem justa causa / rescisão indireta Ocorre quando o empregado for demitido sem qualquer motivo justo, ou seja, quando a empresa usa seu poder de direção para demitir um empregado imotivadamente. Importante ressaltar que, caso o aviso prévio seja trabalhado, durante o período do aviso prévio, o trabalhador poderá optar por reduzir sua jornada diária em 02 (duas) horas ou poderá faltar 7 (sete) dias corridos, sendo que em ambos os casos não haverá prejuízo do salário. Registra-se que o aviso prévio proporcional do empregado com 01 (um) ano de servi…