Doutor, quero me divorciar. Qual a maneira mais rápida?


Em 90% dos nossos atendimentos somos indagados acerca da maneira mais rápida para se fazer divórcio, até porque, trata-se de um processo que envolve muitos sentimentos, e ninguém quer ficar sofrendo com demandas que demoram anos.

Felizmente, essa é uma pergunta fácil de se responder, já que o primeiro passo para um divórcio rápido, é justamente o consenso entre as partes, pois nesse caso, se cumprido os requisitos, o divórcio poderá ser feito diretamente no cartório (extrajudicial), e em alguns casos, com até dois dias úteis estará resolvido.

Importante destacar, que além de mais rápido, o divórcio extrajudicial é bem mais barato e vantajoso para as partes, já que em razão da celeridade, causa menos sofrimento.

Se houver filho(a) menor ou incapaz do casal, o divórcio deverá ser processado judicialmente, entretanto, se consensual (amigável), pede-se apenas que o juiz homologue o que foi acordado, sendo que nesse caso, geralmente o processo dura de um a quatro meses.

Por outro lado, se litigioso (quando não há acordo entre as partes), o processo poderá ser arrastar por anos, causando um imenso desgaste às partes.

Lute pela união e pelo casamento, mas se não for a vontade do casal, que o divórcio seja consensual e amistoso, pois conforme vimos, além de mais ágil e barato, causa menos sofrimentos às partes envolvidas.

Caso tenham dúvidas acerca do tema, entre em contato com um advogado de confiança que ele irá lhe ajudar.

O escritório Fernando R. Fernandes Advocacia também se coloca à disposição para quaisquer esclarecimentos, entre em contato e fale com um especialista:



(62) 98565-3289


Clique nos ícones abaixo, siga-nos pelas redes sociais e fique por dentro de seus direitos!
Não deixe de comentar e compartilhar!



Entre em contato e faça-nos uma visita!
Aceitamos cartões de débito e crédito.

Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro

Comentários

O que estão falando sobre nós no Google: